Benjamim Taubkin e Núcleo de Música do Abaçaí
Gig Seeker Pro

Benjamim Taubkin e Núcleo de Música do Abaçaí

| INDIE

| INDIE
Band World Jazz

Calendar

This band hasn't logged any future gigs

Jul
23
Benjamim Taubkin e Núcleo de Música do Abaçaí @ Festival Glatt und Verkehrt

krems, Not Applicable, Austria

krems, Not Applicable, Austria

This band has not uploaded any videos
This band has not uploaded any videos

Music

The best kept secret in music

Press


Some of 2007's more engaging world music releases have involved a quirky take on folk music: Volga's techno Russian folklore, or Egschiglen's powerful Mongolian reimaginings. For this project, pianist-arranger Benjamim Taubkin has taken traditional music from Brazil to make a charming, dreamlike hybrid. The basic lineup - mixed vocals, bass, piano, percussion - perform those lopsided, strutting rhythms we associate with north- eastern Brazil. From this Taubkin has made the most deliciously melodic album, which bears repeated listening.
21/12/2007 - The Guardian by John Walters


Infelizmente, no mercado, na opinião pública e até no meio artístico, “popular”, em matéria de música, acabou virando sinônimo de popularesco. O termo popular, muitas vezes hoje, se converte em arma política, no sentido de impor, à estética, um apelo comercial e uma demagogia indesejáveis. Assim, somos obrigados a concordar com os alto-falantes, já que eles supostamente representam o gosto da maioria – e ai de quem contra-argumentar: estará sendo, para começar, antidemocrático; e, para terminar, sectário. Mas, quando parecíamos perdidos no labirinto do mau-gosto da soi-disant “música popular brasileira contemporânea”, eis que Benjamim Taubkin e o Núcleo de Música de Abaçaí surgem para nos salvar. Com... verdadeira música popular: sim, sambas-de-roda do Recôncavo Baiano; uma ciranda pernambucana; três temas do Congado Mineiro; e duas peças das Caixeiras do Divino, do Maranhão. De início – para os ouvidos maltratados pelo pagode acrílico, pelo bolero sertanejo e pelo axé bumbum – pode soar, conceitualmente, assustador; porém, basta colocar o CD Cantos do Nosso Chão (Núcleo Contemporâneo, 2006) para tocar que, como proferiu o jornalista Belmiro Braga, surge logo “uma luz calma que torna o mundo maior”. Quem precisa do salvo-conduto do name-dropping, além do piano delicado de Benjamin, de suas harmonias e contracantos, e do trabalho de pesquisa de quase 30 anos do Grupo Abaçaí, vai encontrar: Mônica Salmaso, Teco Cardoso (à flauta) e Paulo Freire (até na viola de cocho). Cantos do Nosso Chão realiza, em outras palavras, a ambição feliz de Dorival Caymmi – de atingir a simplicidade (e a eternidade) de uma “Ciranda Cirandinha”. Numa época de crise de identidade do que se convencionou chamar de MPB, a resposta pode estar, de novo, na tradição. - Por Júlio Daio Borges, Digestivo Cultural (10/1/2007)


Quem pensa que pesquisar as raízes da música brasileira é coisa de historiador ou músico acadêmico-erudito ver-se-á desconcertado em suas afirmações ao ouvir Cantos do Nosso Chão - parceria entre Benjamim Taubkin e o Núcleo de Música do Abaçaí. O álbum (que não é pop) traz, paradoxalmente, uma das principais características deste gênero: o easy listening. Sim (!), Cantos do Nosso Chão é de audição fácil, gostosa, agradável logo ao primeiro contato. As cantigas aderem com facilidade ao imaginário e cantarolam, quase que de maneira independente, em nossas cabeças.
Primeiro, é preciso explicar que as gravações nasceram de encontros entre Benjamim e o grupo folclórico nos anos de 2003-2004, época em que o Abaçaí realizou diversos concertos em São Paulo. A aproximação, porém, ocorrera antes, em 2001. O lançamento do álbum que marcou esta consonância de idéias e sons ocorreu em novembro do ano passado e já este mês (janeiro de 2007) os parceiros farão três apresentações na Espanha.
O Grupo Abaçaí Cultura e Arte há 27 anos pesquisa todos os tipos de manifestação cultural tradicional brasileiras, envolvendo teatro, dança, balé folclórico, conscientização ecológica, mímica e acrobacias. Benjamim, por sua vez, já é expert na realização de releituras e contemporaneização de gêneros tradicionais ou consagrações clássicas da música brasileira. O Núcleo Contemporâneo, selo que criou para dar vazão a esta catarse musical, grande laboratório para os experimentos deste "alquimista de sons e idéias" (nas palavras de Toninho Macedo), dedica-se a este trabalho imprescindível: pesquisar, registrar e gravar a micro-música, o regional, o escondido, seja pela geografia, seja pelos desdobramentos complexos já atingidos pela música brasileira, tudo sempre com um toque inovador, atualizado.
Analisando a obra, percebemos, por todo tempo, a delicadeza do piano de Benjamim. Aliás, para que se faça justiça, é preciso dizer mais: ressalte-se a delicadeza dos arranjos. As notas do piano de Taubkin caem como gotas leves de um sereno musical na belíssima paisagem árida do serrado, com seu fim de tarde liricamente avermelhado. Tem razão Toninho Macedo quando diz que "Em nenhum momento se acedeu ao apelo fácil de batucar. Em nenhum momento se acedeu a apelos fáceis de nenhuma ordem". O Abaçaí é cioso em seu trabalho. Não há coadjuvantes neste álbum. Há uma felicíssima parceria, onde cada parte apresenta o que possui de melhor, adquirido em suas longas e ricas vivências musicais. Não é possível afirmar se Benjamim relê o folclore apresentado pelo Abaçaí, ou se o folclore do Abaçaí arrebata Benjamim. As músicas são de um grande encontro e os arranjos indissociáveis.
Abençoados são os que buscam a etimologia da música brasileira; vasculham as entranhas da nossa terra e de lá garimpam essas magníficas pérolas da nossa cultura, cuidadosamente guardadas pelo tempo e cultivadas por grupos como o Abaçaí. Como bem me disse o editor, ao me passar o álbum: "É canção de ninar, mesmo!...". Eu iria um pouco além: "...é canção pra chorar", por tamanha beleza, sutileza, poesia e sensibilidade.
- Por: Alexandre Aranha (PoppyCorn)


Discography

CD Cantos do nosso chão (Núcleo Contemporâneo, Brasil and Connecting Cultures, Europe)

Photos

Bio

Benjamim Taubkin and the Abaçaí Music Nucleus present compositions, adaptations, and arrangements inspired by regional music from all over Brazil. The ensemble also releases a CD “Cantos do Nosso Chão- Songs from Our Ground”.

The repertory- including parts that have already been recorded on a CD produced as soundtrack for the photographic exposition “A Look re-writing Brazil,” was presented as a part of the special project, “The Art of the Center- A Look at the City, Music, and its Inhabitants,” put on by the Centro Cultural Banco do Brasil, at the Praça do Patriarca, in the São Paulo city center, every week during November 2002.

Between 2003 and 2004, the ensemble played several concerts in São Paulo and recorded the CD “Cantos do Nosso Chão- Songs from Our Ground,” which was released on the label, Núcleo Contemporâneo, in Brasil, and Connectin Cultures, in Europe.

The following themes are played by the group: two “Caixeiras do Divino,” from Maranhão state, women devoted to the Divine Holy Spirit who sing accompanied by drums; three “Moçambique” themes, one of the principle expressions of the “Congado Mineiro,” from Minas Gerais state, played by devotees, principally, of St. Benedict and Our Lady of the Rosary; one sequence of “Cirandas” from Pernambuco state; and a sequence of “Sambas-de-Roda” from Bahia state.

The group Abaçaí Cultura e Arte- under the coordination of Toninho Macedo- has been in existence for 27 years. The group researches all types of Brazilian traditional culture manifestations. The group produces theatre and dance; works to maintain the city’s folk-dance tradition; promotes ecological awareness; and works with acrobatics and mime.

They were in Paris in 2005 where they received critical acclaim for their performance in the National Theater of France. In 2006, they performed at the Teatro Auditori, in Barcelona, Spain. In 2009, the group will come to Europe for concerts in Austria and in the United Kingdom.
They have being touring all over Brazil, every year.

www.myspace.com/benjamimtaubkineabacai

www.nucleocontemporaneo.com.br/projetos/benjamim-taubkin-e-nucleo-de-musica-do-abacai/

www.youtube.com/nucleocontemporaneo