Pedro Lima - Futebol Musical Brasileiro Social Clube

Pedro Lima - Futebol Musical Brasileiro Social Clube

BandLatinWorld

Pedro Lima interpreta onze clássicos das duas maiores paixões brasileiras. CD para fãs de música e futebol.

Biography

FUTEBOL MUSICAL BRASILEIRO SOCIAL CLUBE
Com auxílio luxuoso de craques como Rildo Hora, Roberto Menescal e Neguinho da Beija-Flor, Lima coloca em campo onze músicas sobre futebol.

A Música Popular Brasileira sempre soube fazer bons cruzamentos e acertar no ângulo quando o assunto é a dobradinha 'música e futebol'.
Vestindo a camisa desta dobradinha, o cantor carioca Pedro Lima, que durante quinze anos “engrossou as fileiras” do Garganta Profunda, lança, pelo selo Sala de Som, com distribuição Brazilmusica, seu terceiro CD solo,
Futebol Musical Brasileiro Social Clube”.
Em triangulação com o guitarrista e produtor musical André Agra e o jornalista Célio Albuquerque, Pedro escalou onze músicas para fechar o time (no caso, o disco). No repertório craques como Chico Buarque, Gilberto Gil, Gonzaguinha, Pixinguinha, Milton Nascimento, entre outros.
“A escolha não foi fácil. Mas optamos por uma unidade no repertório, sempre ouvindo a opinião de todos os envolvidos. É claro que cada música “titular” tem pelo menos uma reserva a altura.”, comenta Pedro que ao longo dos anos também vem participando de diversos musicais.
O disco contou com diversas participações especiais. Cada artista que entrou em campo deu tudo de si. Entraram em campo (estúdio) com Pedro: Neguinho da Beija-Flor, Rildo Hora, Roberto Menescau, Zezé Mota, Nilze Carvalho, Carol Saboya, além dos instrumentistas Fernando Merlino (teclados) e Zé Carlos (guitarra). Os craques e as jogadas são muitas e várias são geniais.
“Qualquer escalação corria o risco de ser criticada por algum técnico ou torcedor, mas torcemos para que nosso time agrade a torcida !” comentou Pedro.
“Futebol Musical Brasileiro Social Clube” tem produção musical de André Agra, co-produção de Celio Albuquerque, fotos de Bruno Casting e capa e escudo desenvolvidos por Márcia Mello. O site do disco (www.saladesom.com.br/pedrolima) é uma criação da webdesigner Flávia Freire.

Casamento indissolúvel – Texto especial de Roberto Assaf
“Foi na segunda década do século passado, quando as multidões
começavam a despertar para o "football", apesar de gente letrada considerá-lo
como "mais uma moda estrangeira que logo logo vai passar", Pixinguinha ousou promover o casamento do jogo de bola com a música popular brasileira. Era 1919: o nosso "scratch" derrotou o Uruguai após partida de - acreditem - 150 minutos, conquistando pela primeira vez o Sul-Americano, levando o gênio da flauta a compor com Benedito Lacerda (em música muitos anos depois letrada por Nélson Ângelo) o "1 x 0". Que atravessou o tempo e o espaço, caindo nos anos 2000, para liderar o CD que reúne um punhado de canções que retratam épocas distantes e próximas desse
esporte que ganhou todos os recantos do país e ainda tornou-se expressão da nossa cultura. O casamento promovido pelo gênio da flauta permanece até hoje.
Indissolúvel, como prova esse CD. Pois ouça e confira.
"Roberto Assaf”
Jornalista e um dos maiores pesquisadores de futebol do país.