Zemaria
Gig Seeker Pro

Zemaria

Vitória, Espírito Santo, Brazil | INDIE

Vitória, Espírito Santo, Brazil | INDIE
Band Alternative EDM

Calendar

This band hasn't logged any future gigs

This band hasn't logged any past gigs

This band has not uploaded any videos
This band has not uploaded any videos

Music

Press


"Mixmag France"

MIX DE LA SEMAINE
ZÉMARIA

Chaque semaine, la team mixmag invite un de leurs artistes préférés pour le mix de la semaine. C'est au tour de Zémaria de prendre le contrôle du podcast.

Zémaria est l'un des groupes pop-électro les plus connus au Brésil. Après deux EPs très convaincants, ils ont sorti leur premier album intitulé "Great Escape" sur Abatjour Records le 25 avril 2013. Le succès est tel que le track "Past 2" a été intégré à la bande son du jeux-vidéo Fifa 2013. C'est grâce à leurs sonorités funky qu'ils ont fait le tour du monde en passant par les plus grands spots tels que le SXSW à Austin, l'Electric Picnic Festival à Dublin, La Flèche D’or à Paris ou encore le Jucy Beats Festival & l'Ilios Festival.

On vous laisse déguster le mix ci-dessous. - Mixmag France


"Great Escape Review"

Ponto fundamental na construção de todo o registro, os vocais melódicos de Sanny Lys surgem como mecanismo natural de aproximação para que sintetizadores, guitarras e a bateria sejam encaixados de forma coesa. É como se cada harmonia sintetizada ou batida eletrônica fosse projetada de forma a circundar a voz da cantora, que de forma branda ou intensa cumpre bem sua função até os últimos instantes do álbum. Exemplo fundamental da boa atuação se revela logo na faixa de abertura, A Flora, música que carrega nos vocais e pequenos coros de vozes a orquestração base para os instrumentos. - Miojo Indie


"Instant Lover Review"

There’s a new band on the block. Meet the 3-piece Zemaria produced by Pegase of Minitel Rose. - Nite Versions


"Interview"

Zemaria’s Interview - Fresh new sounds from Brazil - All In Electro


"O Brasil de role no Texas. (Brazil's goes for a walk around Texas)"

Brazilian best cachaça blog talks about Zémaria show at SXSW 2011. - SAGATIBA


"O Brasil de role no Texas. (Brazil's goes for a walk around Texas)"

Brazilian best cachaça blog talks about Zémaria show at SXSW 2011. - SAGATIBA


"Ouça também. (Gotta Listen)"

The music of Zémaria has all the ingredients needed for the skeleton bumps on the dance floor, surrounding electronic beats, synthesizers and that claimed explosion in the chorus. It's almost impossible to stand still.
www.myspace.com/zemariamusic - Rolling Stone Brazil


"Ouça também. (Gotta Listen)"

The music of Zémaria has all the ingredients needed for the skeleton bumps on the dance floor, surrounding electronic beats, synthesizers and that claimed explosion in the chorus. It's almost impossible to stand still.
www.myspace.com/zemariamusic - Rolling Stone Brazil


"Zemaria - The Space Ahead Review"

Na maioria das vezes, vinhetinhas sem conteúdo e faixas longas demais são sinônimos de suicídio artístico. São esses elementos que fazem o The Hazards of Love, do The Decemberists, ser intragável, enquanto a ausência deles fazem o modesto Worldwide, do The Death Set, soar tão bem. Em seu novo disco, The Space Ahead, o Zémaria mostra que sabe misturar os ingredientes na medida certa, evitando o excesso de minimalismo e sem exagerar na complexidade de suas músicas.

O álbum é composto apenas por nove faixas (número que, para bandas como o Modest Mouse, não fazem mais do que um EP) e, para evitar o erro, nenhuma delas tem mais de cinco minutos de duração. Assim, o registro se torna fácil de ser digerido, aprovado e re-executado. É um electro finíssimo que banha em ouro o som do grupo e que, ao vivo, se transforma em um legítimo coletivo de rock, se levarmos em consideração sua presença de palco. Arrisco dizer, ainda, que se Calvin Harris resolvesse fundar uma banda de rock, seria exatamente assim que ela soaria.

"Devassa", em bom e velho português, é um sinônimo de "puta", "safada", ou, como diz o dicionário, "pessoa destituída de valores morais". O título, porém, é muito bem recebido quando anexado à música que abre The Space Ahead, anunciando através do seu electro-rock requintado que estamos prestes a fazer uma viagem ao futuro.

Com o toque feminino dos vocais de Sanny Lins, as músicas soam mais naturais, orgânicas, mesmo que essa natureza entre em contradição com os sintetizadores que se destacam a cada acorde de guitarra, a cada boom de bateria. Como um copo de água gelada num dia de calor, Sanny dá um ar de frescor à musicalidade do grupo a cada palavra entonada. Graças a ela, "Centenário" fica com cara de brincadeira e "Any Distance" se transforma em uma boa pedida para uma manhã ensolarada de domingo.

Mesmo com os vocais femininos em alta, é o "Hit do Porto" que mais se destaca no registro, sendo estrelado por uma voz masculina e apoiada por backing vocals grudentos. A melodia não é agitada, mas segue num ritmo dançante e com um grande potencial vicioso, ficando pau-a-pau com os últimos hits de Phoenix e Passion Pit.

Está adorando os nomes em português? Não se deixe enganar. Nos 35 minutos de duração do disco, nenhuma palavrinha é pronunciada em nossa língua. Inclusive, se você conhece a penúltima obra dos capixabas (11 Trax, de 2007), vai sentir falta das manifestações tupiniquins que lançaram o grupo, tanto nas letras quanto na essência das melodias, que perderam o pouco que levavam do funk carioca. A revolução é explicada por Marcel Dadalto, baterista, que culpa o ambiente de gravação pelas modificações: "O 11 Trax foi feito em São Paulo, enquanto a gente morou por lá. O The Space Ahead foi feito entre dois verões - da Europa, em 2008, e o nosso de 2009, lá em Vitória." Sentiu o efeito CSS?

Com a despedida de 'Lost Boys', The Space Ahead fica como um disco para ser ouvido com as caixinhas de seu computador no volume máximo, no home theater de sua sala, ou, de preferência, numa balada cheia de gente bonita. Whatever suits you better.
- Rraurl.com


"Zemaria - The Space Ahead Review"

Na maioria das vezes, vinhetinhas sem conteúdo e faixas longas demais são sinônimos de suicídio artístico. São esses elementos que fazem o The Hazards of Love, do The Decemberists, ser intragável, enquanto a ausência deles fazem o modesto Worldwide, do The Death Set, soar tão bem. Em seu novo disco, The Space Ahead, o Zémaria mostra que sabe misturar os ingredientes na medida certa, evitando o excesso de minimalismo e sem exagerar na complexidade de suas músicas.

O álbum é composto apenas por nove faixas (número que, para bandas como o Modest Mouse, não fazem mais do que um EP) e, para evitar o erro, nenhuma delas tem mais de cinco minutos de duração. Assim, o registro se torna fácil de ser digerido, aprovado e re-executado. É um electro finíssimo que banha em ouro o som do grupo e que, ao vivo, se transforma em um legítimo coletivo de rock, se levarmos em consideração sua presença de palco. Arrisco dizer, ainda, que se Calvin Harris resolvesse fundar uma banda de rock, seria exatamente assim que ela soaria.

"Devassa", em bom e velho português, é um sinônimo de "puta", "safada", ou, como diz o dicionário, "pessoa destituída de valores morais". O título, porém, é muito bem recebido quando anexado à música que abre The Space Ahead, anunciando através do seu electro-rock requintado que estamos prestes a fazer uma viagem ao futuro.

Com o toque feminino dos vocais de Sanny Lins, as músicas soam mais naturais, orgânicas, mesmo que essa natureza entre em contradição com os sintetizadores que se destacam a cada acorde de guitarra, a cada boom de bateria. Como um copo de água gelada num dia de calor, Sanny dá um ar de frescor à musicalidade do grupo a cada palavra entonada. Graças a ela, "Centenário" fica com cara de brincadeira e "Any Distance" se transforma em uma boa pedida para uma manhã ensolarada de domingo.

Mesmo com os vocais femininos em alta, é o "Hit do Porto" que mais se destaca no registro, sendo estrelado por uma voz masculina e apoiada por backing vocals grudentos. A melodia não é agitada, mas segue num ritmo dançante e com um grande potencial vicioso, ficando pau-a-pau com os últimos hits de Phoenix e Passion Pit.

Está adorando os nomes em português? Não se deixe enganar. Nos 35 minutos de duração do disco, nenhuma palavrinha é pronunciada em nossa língua. Inclusive, se você conhece a penúltima obra dos capixabas (11 Trax, de 2007), vai sentir falta das manifestações tupiniquins que lançaram o grupo, tanto nas letras quanto na essência das melodias, que perderam o pouco que levavam do funk carioca. A revolução é explicada por Marcel Dadalto, baterista, que culpa o ambiente de gravação pelas modificações: "O 11 Trax foi feito em São Paulo, enquanto a gente morou por lá. O The Space Ahead foi feito entre dois verões - da Europa, em 2008, e o nosso de 2009, lá em Vitória." Sentiu o efeito CSS?

Com a despedida de 'Lost Boys', The Space Ahead fica como um disco para ser ouvido com as caixinhas de seu computador no volume máximo, no home theater de sua sala, ou, de preferência, numa balada cheia de gente bonita. Whatever suits you better.
- Rraurl.com


"Zemaria"

I’ve been kinda feeling Zémaria’s new album, The Space Ahead. Doesn’t really up the ante much on the genre but the tunes are enjoyable… as far as electro-pop numbers with shades club go, Zémaria is pretty much on target. The title track sums it up:

Zémaria – “The Space Ahead”
(download) - BigStereo.net


"Zemaria - 11 Trax Review"

Summer not feeling very Summer-y? Life lacking a bit of sparkle? Fear not, armed with their durrty Brazilian beats, Zemaria are here to inject some much needed sunshine into your otherwise dreary existence. The Sau Paulo boys (and girl) are back with new album '11 Trax' which is (yup, you guessed it) 11 tracks of pure funk ridden quality. Combining electro, disco, house and breaks, the album is a mixed up slice of deadliness. Album opener 'Air Talk' boasts a criminally infectious stomp and only the wheelchair bound could fail to dance to 'Someone Else'... Scorchio!

4.5 /5
By Sara Monaghan. - Connected Magazine


"Zemaria"

For the past week the brazilian electro-rock band Zemaria have been playing gigs in Dublin and around Ireland. Their gig on Friday in The South William really showed how much potential these guys have, giving off so much energy while playing (it must be all the Brazilian heat!), Zemaria didn't fail to impress. Watching them set up in the corner of the pub while everyone was sitting around having a few quiet drinks, you wouldn't of thought they would have made the impact that they did. The lads successfully managed to bring everyone up dancing in front of them with their live up-beat electro songs. Throwing together a mix of styles, varying from Brazilian funk -soul to electro-rock Daft Punk classics, they sure won't ever be just that 'other band'.
Their experience and talent are beyond that and I'm sure Zemaria will get their recognition deserved before going home. They're still playing here for another week and after that they head off on the rest of their European tour, luckily we'll get another chance to catch them as they are stopping off again in Ireland for Electric Picnic and a few other gigs around the country. - Mind The Gap


"Zemaria US tour"

Band plays at one of the coolest festivals in the world. - A Gazeta


"Team SHAE talks to Brazilian group Zemaria."

ONErpm hosted a party at Speakeasy on the 15th featuring popular Latin American artists.
We got to watch Zemaria perform their first show at SXSW! - Society Hae


"Team SHAE talks to Brazilian group Zemaria."

ONErpm hosted a party at Speakeasy on the 15th featuring popular Latin American artists.
We got to watch Zemaria perform their first show at SXSW! - Society Hae


"Zemaria, a positive pop."

..."All of Zemaria's tracks will spark a sense of excitement and joy in listeners; a great way to approach South by Southwest." - Womans Radio


Discography

Zemaria - Zemaria (Album/2004)
Zemaria - 17:42 EP (2005)
Zemaria - Aqui não tem silencio EP (2006)
Zemaria - 11Trax (Album/2007)
Zemaria - Hot Tape Remixes (EP/2008)
Zemaria - The Space Ahead (Album/2009)
Zemaria - Any Distance (EP/2010)
Zemaria - Instant Lover (EP/2012)
Zemaria - Past 2 (EP/2012)
Zemaria - Great Escape (Album/2013)

Photos

Bio

Zémaria is one of the most renowned electronic bands from Brazil. They've been playing together since college and have been nominated for many prizes including Best Electronic Act on MTV Awards Brazil. During the last years they have been building an international fan base, playing in festivals and theaters around the South America, USA and Europe. SXSW in Austin, The Pianos's Bar in NYC, the legendary Roxy Theatre in LA, the Electric Picnic Festival in Dublin, La Flèche d'Or in Paris, Tachelles in Berlin, Juicy Beats Festival in Dortmund, Ilios Festival in Norway, Niceto in Buenos Aires, D-Edge in São Paulo, just to name a few.

In 2012 they worked alongside french producer Pegase (Minitel Rose) in Brazil and France, recording new tracks. After two successful EP's that bought them a lot of fans outside Brazil, a new album was finally released, online, on may 2013. The album includes the song 'Past 2', part of EA Games FIFA 13 official soundtrack; 'Great Escape', synchro for Microsoft Internet Explorer 8 campaign on brazilian TV; and 'A Flora', which sound tracked the official MSN broadcasting for Cannes Festival 2013.

They've also made two strong official remixes, both for french female singers; Mai Lan (Wagram) and Birkii (Kitsunè).